top of page
  • EmiLou

BOROUGH MARKET: passeio imperdível em Londres

Atualizado: 13 de nov. de 2023

Com uma história que remonta a mais de mil anos, o histórico Borough Market é o mercado de alimentos mais famoso e amado de Londres por um bom motivo. Espalhando-se por uma série de magníficos edifícios vitorianos à sombra da catedral de Southwark e cercado por viadutos ferroviários, o amplo complexo apresenta centenas de comerciantes de produtos e barracas de comida de rua gourmet cujas mercadorias deliciosas que fizeram do Borough Market um dos principais destinos gastronômicos de Londres.

O mercado possui uma incrível variedade de comidas de toda a Grã-Bretanha e do resto do mundo. Esteja você procurando carnes e queijos curados, frutas e vegetais super frescos, clássicos da comida de rua como ovos escoceses e peixe frito ou até ensopados substanciais da África Ocidental, caril tailandês e alguns dos melhores peixes e batatas fritas da capital, você com certeza irá encontrar o que você está procurando aqui! Continue lendo para descobrir por que o Borough Market precisa estar no topo da sua agenda culinária ao visitar Londres.


Um dos programas mais conhecidos e porque não dizer, mais legais para que visita Londres no fim de semana, sem dúvida nenhuma são os diversos mercados de Londres, que variam de roupas vintages a peças de antiquários, passando por flores a comida dos quatros cantos do mundo. E visitar o Borough market não pode ficar de fora do seu passeio!


Trilhos de trem retumbando no alto, comerciantes vendendo seus produtos sob os arcos ferroviários vitorianos, o Borough Market é uma mistura inebriante do antigo e do novo, uma verdadeira mistura de pessoas e culturas! Um lugar que tem sido um centro de comércio por centenas de anos, e onde as placas de identificação dos mercadores do século XIX estão lado a lado com as de seus pares do século XXI. Atmosférico e exclusivamente londrino, não é de admirar que o Borough Market tenha sido usado como local de filmagem em filmes de Harry Potter a Bridget Jones.


O Mercado

O mercado é um verdadeiro 'farmer's market' ou aquela boa e velha conhecida de nós Brasileiros, a feira do bairro ou como a Cobal para quem for do Rio de Janeiro. Com algumas diferenças, muito maior e muito mais organizado com vários produtos orgânicos de produção local e com vários restaurantes maravilhosos ao redor.


O mercado fica sempre muito cheio, principalmente no horário do almoço. Conselho: apenas esteja preparado para batalhar com todas as outras pessoas que tiveram a mesma idéia que você de almoçar no Borough Market, porque pode, e fica bastante movimentado

Além da infinidade de opções de comida disponíveis no mercado, tem uma das melhores comidas internacionais de Londres e você também encontrará alguns restaurantes, bares e lojas ao redor.



Para você se localizar melhor, existem três seções no mercado: Three Crown Square (que contém grandes produtores e comerciantes), Green Market (que tem pequenos comerciantes especializados em produtos) e Borough Market Kitchen (que abriga todos os comerciantes de comida de rua). No entanto, provavelmente você passará por todos eles sem realmente perceber.


A história do Borough Market

O Borough Market está localizado em Southwark, ao sul do rio Tâmisa. Southwark é o subúrbio mais antigo de Londres. Tão antigo, na verdade, que Southwark já foi um assentamento romano. Escavações no local do Borough Market em 1961 encontraram artefatos que datam do século I, incluindo evidências de uma superfície de terra romana a cerca de 1,5 m acima do nível do mar atual. Os romanos, claro, construíram a primeira ponte para cruzar o rio Tâmisa.


O mercado já existia em Southwark pelo menos desde o século XI, por volta de 1014. Na Idade Média, a área de Southwark não fazia parte de Londres, era uma cidade de fronteira distinta, um pouco violenta e barulhenta do lado de fora e do outro lado do rio das imponentes muralhas da cidade. Uma ponte foi construída para ligar Southwark a Londres no ano de 990, e logo Borough High Street em Southwark se tornou uma importante via de acesso dentro e fora da cidade para todo o sul da Inglaterra. Se tornando uma das estradas mais antigas de Londres e a principal rota para a cidade de Londres a partir do sul. Os comerciantes se mudaram para vender seus produtos aos transeuntes, e dois mercados informais surgiram ao redor da ponte e ao longo da estrada que sai da cidade - algo que irritou muito as autoridades do outro lado do rio, frustradas com os comerciantes desonestos que operavam fora de sua jurisdição. No século XIII, os cidadãos da cidade de Londres foram proibidos de comprar nos mercados de Southwark (O Parlamento vetou as atividades em 1754).


Alguns diriam que a história do Borough Market realmente começou em 1756, quando os residentes de Southwark fizeram campanha para tornar o mercado seu. Os moradores arrecadaram dinheiro suficiente para comprar um terreno chamado The Triangle (o Triangulo), e uma lei do Parlamento o transformou em um espaço comunitário para sempre. Até hoje, curadores voluntários continuam administrando o Borough Market na Southwark Street. E desde então, o mercado está no mesmo local atual, administrado por um fundo de caridade em nome da comunidade.


À medida que o sul de Londres crescia no século XIX, o Borough Market também crescia, tornando-se um mercado atacadista de frutas e vegetais e adicionando o Green Market e o Jubilee Place. Os edifícios do mercado, com seu distinto design gótico, foram criados por Henry Rose em 1851 e o Borough Market tornou-se um dos mercados mais importantes da capital.


Em 1932, a entrada do Borough Market passou por uma reforma glamorosa com uma nova entrada art déco que existe até hoje.


As raízes atacadistas do Borough Market foram desafiadas pela ascensão do supermercado, mas também ofereceu uma oportunidade para o mercado de rua se reinventar mais uma vez - desta vez como um mercado de varejo. E com essa reinvenção surgiram novas oportunidades e novos varejistas especializados. Hoje, o Borough Market tem mais de 100 barracas, restaurantes, cafés e lojas, e oferece de tudo, desde comida de rua e queijo até vinho e doces de estilo francês. Você pode ver a lista completa de traders no site oficial do mercado.


Tradicionalmente, no Borough Market, quando era hora de começar a negociar, um enorme sino tocava. Em 2013, o sino foi trazido de volta e toca todos os dias quando o mercado abre. Se você estiver visitando a 8 Southwark Street, certifique-se de dar uma olhada em sua visita. O sino fica na Middle Road, que passa pelo meio do mercado. O Borough Market abre todos os dias da semana, das 10h às 17h, das 8h aos sábados e das 10h às 15h aos domingos.


O que fazer e visitar

Comer é a resposta! As fileiras aparentemente intermináveis ​​de barracas de comida que se estendem até onde os olhos podem ver sob a icônica arquitetura de aço e vidro pintada de verde compõem um verdadeiro paraíso gourmet - uma festa para os olhos, ouvidos e narizes. Você encontrará cores vivas, agitação vibrante e energia pura irresistíveis para fotografar e experimentar.


Se você acha que a grande variedade oferecida no mercado dificulta a escolha do que pedir, não se preocupe: muitos dos feirantes ficam mais do que felizes em oferecer amostras grátis de seus produtos sem obrigação de compra. As opções de dar água na boca são numerosas demais para serem mencionadas, mas, dependendo do seu gosto e do seu humor, você experimentar um delicioso risoto de trufas com cogumelos silvestres, sinta o cheiro das trufas em Tartufaia, as trufas são frescas da Itália e da Austrália. Ou experimentar deliciosos rolinhos de chouriço no icônico posto avançado de tapas espanholas Brindisa. Se você gosta de queijos vá no lendário da Kappacasein Dairy, prepara a pungente Raclette feita com queijo produzido em Bermondsey.


A massa do Padella é amplamente considerada uma das melhores de Londres, assim como as ostras do Wright Brothers. E pra fechar com sobremesa, os melhores doces do mercado são os donuts da Bread Ahead na Cathedral Street. Nossos favoritos são praliné e chocolate aveludado, claro!.


Embora as barracas de comida de rua sejam talvez a principal atração do Borough Market hoje, atacadistas, produtores e agricultores ainda têm muito espaço para vender seus produtos. Se você está procurando ingredientes produzidos localmente da mais alta qualidade, encontrará no Borough Market. De barracas de frutas e vegetais que oferecem produtos orgânicos a peixarias que vendem de tudo, desde ostras frescas à captura diária de linguado, solha, pregado, caranguejo e praticamente qualquer outra criatura marinha que você queira mencionar, os ingredientes de um almoço ou jantar gourmet são fáceis de encontrar aqui.


Os produtores de alimentos artesanais também estão amplamente representados: as melhores padarias de Londres têm barracas no mercado oferecendo fermento de primeira linha e pão de centeio, além de bolos e doces irresistíveis. A charcutaria britânica produzida a partir da carne de raças tradicionais criadas de acordo com padrões rígidos de bem-estar, rivaliza facilmente com os melhores frios que as potências tradicionais da Espanha, França e Itália podem oferecer - não perca o chouriço de Suffolk, o salame de veado selvagem do País de Gales e Saucisson Sec de Dorset entre outras especialidades inesperadas.



Horário de Funcionamento

O Borough Market está aberto das 10h às 17h de segunda a sexta-feira e das 8h aos sábados e no domingo só abre até às 14 h. Às segundas e terças-feiras alguns feirantes estão fechados. Observe que o mercado é justificadamente popular entre os moradores e turistas e pode ficar muito lotado nos horários de pico. Se abrir caminho no meio da multidão e enfrentar longas filas para conseguir seu lanche favorito não é sua ideia de diversão, tente chegar ao mercado antes da hora do almoço. Pule o café da manhã e chegue ao Borough Market no final da manhã com o estômago vazio para a melhor experiência. Os sábados são sempre extremamente movimentados.


Os restaurantes ao redor têm horários diferentes da parte principal do mercado, então sempre há algo aberto onde você pode comer uma refeição fantástica.


Para os fãs do filme Bridget Jones

A entrada do apartamento de Bridget Jones (Renee Zellweger) no filme O Diário de Bridget Jones fica acima do The Globe, bem ao lado do Borough Market. Vale uma visita. Houve um pouco de desenvolvimento e reformas recentemente em Borough, com a construção do Borough Viaduct, dobrando o número de trilhos que correm a oeste da London Bridge Station. Houve rumores sombrios de demolição em massa, que ainda bem os planos furaram. Apesar de tudo, infelizmente o novo viaduto corre ao longo do último andar do The Globe, bloqueia a vista e deixa o pub na escuridão.


Local do filme O Diário de Bridget Jones: a entrada do apartamento de Bridget: Bedale Street, Borough Market, Londres, SE1

Houve mais reformas em frente à entrada do apartamento de Bridget na Bedale Street, onde as lojas foram transformadas em escritório de táxi, banca de jornal e, é claro, o fictício 'restaurante grego' onde o caddish Daniel Cleaver (Hugh Grant) e Mark Darcy (Colin Firth) brigam durante uma festa de aniversário. As instalações usadas como restaurante permanecem, agora um comerciante de vinhos, Bedales, na 5 Bedale Street.


E se você quiser ir a fundo nos cenários e tiver mais tempo, conheça também o vilarejo de Snowhill, onde foi filmado a casa dos pais de Bridget Jones no interior da Inglaterra.


Como chegar no mercado

O Borough Market está localizado a poucos passos da estação de trem London Bridge, onde a maioria das rotas de trem principais param. Enquanto isso, a estação de metrô London Bridge é servida pelas linhas Northern e Jubilee.


O Borough Market está convenientemente localizado como um pitstop na caminhada de South Bank e o que não falta são coisas para fazer por perto do mercado, como por exemplo visitar o Tate Modern ou antes de uma apresentação matinê no Shakespeare's Globe Theatre. O Borough Market também fica a uma curta caminhada da Tower Bridge e da Torre de Londres, outro dos locais de visita obrigatória da capital. É uma programação perfeita pela região.


Endereço: 8 Southwark St, London.



Comments


bottom of page