top of page
  • EmiLou

Guia de Covent Garden, Londres

Atualizado: 13 de nov. de 2023

Covent Garden está localizado no coração do centro de Londres bem entre o Soho, West End, Strand e Holborn. E é um coração pulsante o dia todo e o ano todo! Covent Garden é uma daquelas áreas icônicas de Londres que você precisa visitar, especialmente se estiver visitando Londres pela primeira vez e há tantas coisas para fazer em Covent Garden!


Covent Garden é um ótimo lugar para fazer compras em Londres, está repleto de restaurantes, pubs e bares. É o lar de um dos melhores museus de Londres e o local privilegiado para assistir a um show de classe mundial. Devido à sua localização central e aos muitos hotéis Covent Garden, também é um ótimo lugar para se hospedar em Londres.


Covent Garden tem tudo, e 'e um dos nossos lugares favoritos em Londres. Então aqui está meu guia de Covent Garden para ajudá-lo a passar o dia lá e descobrir o que fazer em Covent Garden!


História

A área era de campos até ser brevemente colonizada no século 7, quando se tornou o coração da cidade comercial anglo-saxônica de Lundenwic, então abandonada no final do século 9, após o que voltou aos campos. Por volta de 1200, parte dela havia sido murado pelo Abade da Abadia de Westminster para uso como terra arável e pomares, mais tarde referido como "o jardim da Abadia e Convento" e mais tarde "o Jardim do Convento". Após a dissolução dos mosteiros, foi concedido em 1552 pelo jovem rei Eduardo VI a John Russell, 1º conde de Bedford (c.1485–1555), o conselheiro de confiança de seu pai, o rei Henrique VIII. O 4º Conde contratou Inigo Jones para construir algumas belas casas para atrair inquilinos ricos. Jones projetou a praça com arcadas italianas junto com a igreja de São Paulo. O desenho da praça era novo em Londres e teve uma influência significativa no planejamento urbano moderno, atuando como o protótipo de novas propriedades à medida que Londres crescia.


Em 1654, um pequeno mercado de frutas e vegetais ao ar livre havia se desenvolvido no lado sul da elegante praça. Gradualmente, tanto o mercado como os arredores caíram em descrédito, com a abertura de tabernas, teatros, cafés e bordéis. No século 18, tornou-se famoso por sua abundância de bordéis. Uma Lei do Parlamento foi elaborada para controlar a área, e o edifício neoclássico de Charles Fowler foi erguido em 1830 para cobrir e ajudar a organizar o mercado. O mercado cresceu e outros edifícios foram adicionados: o Floral Hall, o Charter Market e, em 1904, o Jubilee Market. No final da década de 1960, o congestionamento do tráfego estava causando problemas e, em 1974, o mercado mudou-se para o New Covent Garden Market, cerca de três milhas (5 km) a sudoeste em Nine Elms. O edifício central foi reaberto como shopping center em 1980 e agora é um local turístico com cafés, pubs, pequenas lojas e um mercado de artesanato chamado Apple Market, junto com outro mercado realizado no Jubilee Hall.


Como chegar a Covent Garden.

Covent Garden tem sua própria estação de metrô na Picadilly Line, então esta é a melhor maneira de chegar ao centro de Covent Garden. No entanto, outra estação de onde você pode chegar a Covent Garden é a Leicester Square Station, que fica a alguns minutos e na Northern Line, que é um pouco mais fácil de chegar de muitos outros locais em Londres.


No fim de semana, a estação de Covent Garden pode ficar muito movimentada, afinal, ela não foi construída para acomodar centenas de turistas em 1907, então é recomendável a todos os londrinos descer em Leicester Square e caminhar até Covent Garden para evitar o filas! Outra dica é parar na estação de Charing Cross e ir andando. Você também pode ir de ônibus se preferir.


O que fazer em Covent Garden.

Museus em Covent Garden

Londres é conhecida por seus museus, um dos quais é o Museu Britânico - um dos melhores museus do mundo e está localizado na orla de Covent Garden, em Bloomsbury, não muito longe da Oxford Street. O Museu Britânico é dedicado à história, cultura e arte da humanidade, então você certamente aprenderá algo lá. Além do Museu de História Natural de Londres, eu diria que é o museu mais icônico de Londres por dentro, graças ao seu teto de vidro, e o Museu Britânico é gratuito!


A melhor hora para chegar ao Museu Britânico é no início do dia, especialmente nos fins de semana, pois mais tarde a fila para entrar pode crescer bastante no final do dia. O museu abre às 10h.


Se você quiser visitar um museu em Covent Garden e evitar as filas, eu recomendaria o London Transport Museum porque custa para entrar, o que significa que as filas geralmente são menores do que os museus gratuitos de Londres.


Mercado de Covent Garden (Covent Garden Market)

O Covent Garden Market é a parte mais icônica de Covent Garden, está localizado na mesma rua da estação de Covent Garden e é imperdível. No caminho para o mercado, você verá muitos artistas da Covent Garden Street. Eles fazem de Covent Garden o que é e isso porque fazem parte da história de Covent Garden desde a década de 1660! O primeiro registro de apresentação de rua em Covent Garden foi em 1662, quando um personagem chamado Punch veio à Piazza e a tradição continua até hoje, então reserve um tempo para assistir às apresentações!



Essa foto foi tirada em 2007, assim que chegamos em Londres

O Covent Garden Market, também conhecido como Apple Market é o lar de muitas lojas independentes, principalmente lojas sofisticadas, mas também de barracas que vendem joias, roupas, arte e antiguidades exclusivas. Este é um bom lugar para visitar durante todo o ano, mas é um bom lugar para ir se estiver chovendo em Londres porque está coberto, e é um dos melhores lugares em Londres para visitar no Natal porque as decorações de Covent Garden são sempre muito impressionante.



Outra foto tirada em 2007 assim que chegamos em Londres

Neal's Yard

Para ver ainda mais Covent Garden, sugiro ir para Neal's Yard. Se você já viu fotos de uma pequena área realmente colorida de Londres, provavelmente é Neal's Yard!


O Neal's Yard em Covent Garden é uma jóia escondida, é muito pequeno e só pode ser acessado por dois pequenos becos que são fáceis de perder! Dentro há alguns pequenos cafés que são perfeitos se você precisa de um café, um bar de vinhos se você gosta de um vinho durante o dia, uma pizzaria muito boa chamada Homeslice.


Restaurantes em Covent Garden

Quando você tiver exausto das compras, não faltam cafés e restaurantes em Covent Garden. Na verdade, uma das nossas coisas favoritas para fazer em Covent Garden é explorar os restaurantes.


No que diz respeito aos restaurantes, a parte mais difícil é escolher. Há tantos bons restaurantes em Covent Garden e mais tantos outros abrindo o tempo todo que a tarefa torna-se bem difícil. De jantares pré-teatro no vários restaurantes da area a cafés da manhã no Balthazar ou no The Delaunay (aliás tem vídeo no canal para quem que assirtir) tem muitas opções aonde comer no bairro.


E pra quem gosta de café, também tem opções: do The Black Penny na Great Queen Street ao Monmouth Coffee em Seven Dials, há muitos lugares para tomar um bom café com leite.


Covent Garden Pubs

Se você quiser um pub em Covent Garden para uma bebida durante o dia ou à noite, dirija-se a Punch & Judy, Mr Fogg's, The Porterhouse, The White Lion ou Nags Head.


Shows do West End em Covent Garden

Finalmente, uma das melhores coisas para se fazer em Covent Garden é assistir a um show do West End! Covent Garden e Leicester Square são as principais áreas de Londres onde acontecem os melhores shows do mundo, então depois de ver os melhores lugares para ver em Covent Garden, relaxe e assista a um show por algumas horas.


Você precisará reservar um show do West End em Covent Garden com antecedência, o que pode ser feito clicando aqui.


Divirta-se em Covent Garden! Pode ficar muito ocupado com turistas de todo o mundo, mas é popular por um motivo!


Se você gostou das dicas, aproveita e segue também a gente no Instagram @emiloudaybyday
Assim você poderá acompanhar todas as nossas viagens em tempo real!
Confira também nosso canal no YouTube EmiLou Day by Day

Comments


bottom of page