top of page
  • EmiLou

Roteiro de viagem de carro pela Escócia saindo de Edimburgo

Atualizado: 31 de mar.

Embora Edimburgo em si ofereça uma riqueza de atrações (na verdade, é uma das nossas cidades favoritas para explorar no reino Unido!), aventurar-se em uma das melhores viagens de carro saindo de Edimburgo mostra o melhor da paisagem, história e cultura da Escócia.


Quer você seja atraído pelo fascínio dos castelos antigos, pelas ruas movimentadas das cidades próximas ou por um toque da magia de Harry Potter, nós temos tudo o que você precisa para fazer uma viagem de carro pela Escócia saindo de Edimburgo.


Então, pegue sua câmera, calce seus sapatos e junte-se a nós ao volante para uma pequena viagem de carro pela Escócia.


Nosso roteiro de 5 dias na Escócia envolve alugar um carro na capital, em Edimburgo, e dirigir para o norte até Inverness, depois mergulhar nas Terras Altas escarpadas. Claro, vamos parar ao longo do caminho para vislumbrar as várias montanhas do lugar.


Escócia: Roteiro de viagem de carro pela Highlands saindo de Edimburgo

Dicas essenciais de viagem de carro pela Escócia

1. Faça as malas para o frio e nunca acredite na previsão do tempo

As exuberantes paisagens verdes da Escócia têm um pequeno problema – a chuva. Muita chuva. A época mais seca e mais quente para visitar é durante os meses de verão de julho e agosto. Mas mesmo assim, não leve a previsão do tempo muito a sério, pois pode mudar a cada hora!


Nossa viagem pela Escócia foi no meio de Maio, durante a primavera, Não estava quente, mas também não estava um frio insuportável. As paradas populares não estavam muito lotadas e tivemos apenas um dia de chuva fraca no meio da nossa viagem.


Por isso, lembre-se de levar uma jaqueta quente, cachecol, gorro e guarda-chuva, mesmo durante a primavera.


2. Reserve sua hospedagem com antecedência

A maioria dos Bed &Breakfasts (pousadas) e hotéis tendem a lotar rapidamente, então sugerimos reservar com algumas semanas de antecedência - alguns meses seria melhor. Nós sempre usamos o Booking.com


3. Tenha cuidado com o Google Maps

Este aplicativo é um salva-vidas, uma ferramenta essencial em qualquer viagem. No entanto, algumas “estradas” menores na Escócia que o Google Maps envia você realmente não são estradas. Eles mal classificariam como trilhas em outros países, e você nem sempre poderá dirigir nelas. Outras vezes, pode ser uma estrada de fazenda particular. Portanto, recomendo usar o Waze ou o próprio GPS da locadora de carros. E lembre-se de baixar seus mapas offline enquanto estiver no Wi-Fi.


Aluguel de Carro

Ao fazer uma viagem na Escócia, provavelmente é mais fácil alugar um carro em uma das principais cidades (Edimburgo, Glasgow, Inverness, Aberdeen). Alugue um carro pequeno, algumas das estradas são mínimas e só passa um carro por vez, vagas de estacionamentos também são feitas para carros pequenos e recomendamos alugar um carro automático, assim você não precisa se preocupar com a troca da marcha com a mão esquerda. Nós recomendamos usar o Rentalcars para alugar o seu carro.


É fácil dirigir na Escócia? Para aqueles que se preocupam em conduzir no lado esquerdo da estrada, a Escócia é o local perfeito para ultrapassar esta dificuldade.


Isso ocorre porque, ao contrário de partes extensas da Inglaterra, por exemplo, a maioria das estradas em que você viaja tende a ser escassa em veículos, e você raramente encontra grandes riscos, como rotundas e entroncamentos.



Roteiro de viagem de carro pela Escócia

Dia 1 & 2 | Edimburgo

Nós voamos de Londres para Edimburgo e passamos o fim de semana explorando a cidade a pé, na segunda-feira pela manhã voltamos para o aeroporto de Edimburgo para pegar o carro alugado. Nós usamos a Rentalcars.


Embora esta viagem seja toda sobre a beleza natural da Escócia, os primeiros dia foram dedicados a Edimburgo, para sentir todas as coisas escocesas. Para ler o post completo de Edimburgo, clique aqui. Edimburgo está repleta de história e cultura escocesa, desde o Castelo de Edimburgo do século XII, até ruas elegantes repletas de casas Georgianas coloridas, até gaitas de foles tocando melodias tradicionais ao fundo.


Agora, bora pegar a estrada!


Dia 3 | Primeiro dia da viagem de carro pela Escócia

É possível ir de Edimburgo ao Loch Lomond em uma hora e meia de carro, esse caminho passa por Glasgow, mas nós não recomendamos essa rota.


A estrada que pegamos é reconhecidamente mais longa, mas passando por belos lugares ao longo do caminho, o que cria para nós uma bela viagem de um dia com muitas paradas interessantes ao longo do caminho.


Ao sair de Edimburgo, pegue a M9 e continue até a cidade de Stirling, onde será a primeira parada.


Depois de uma hora de carro, você chega ao impressionante Castelo de Stirling. O Castelo de Stirling fica bem acima da antiga capital escocesa. Há partes do castelo que permanecem desde o século XIV até os dias atuais.


Castelo de Stirling

Stirling é a porta de entrada para as Terras Altas (Highlands). Além disso, duas importantes batalhas pela independência escocesa ocorreram aqui em 1297 e 1314. E nossa primeira parada foi o Castelo de Stirling.


Para os amantes da história como Lou, a apenas uma hora de carro our 50 minutos de trem de Edimburgo, Stirling é um parada obrigatória, por causa da sua rica história e importância estratégica na história da Escócia.


Stirling é cercada por uma paisagem exuberante com muitos rios, montanhas e lagos na área. É uma cidade pequena, mas com muito charme. A cidade é dominada por um dos maiores e mais dramáticos castelos da Escócia, o impressionante Castelo de Stirling, situado sobre uma rocha vulcânica e pode ser visto a quilômetros de distância.


O site do castelo o descreve como “o ponto de encontro entre Lowlands e Highlands” e, de fato, Stirling é uma ótima base para explorar as Highlands escocesas, com passeios de um dia para Glencoe, Pitlochry e Cairngorms. O castelo foi um reduto chave nas Guerras da Independência nos séculos XIII e XIV; o controle do castelo de Stirling mudou entre os escoceses e os ingleses oito vezes em apenas 50 anos. Foi realmente uma residência real, com muitos dos antigos monarcas da Escócia, incluindo Mary Queen of Scots, tornando este castelo histórico a sua casa.


O castelo foi mantido em ótimas condições e, embora isso signifique que passou por reformas regulares, ainda mantém seu charme medieval. Para chegar ao castelo, você segue sinuosas ruas de paralelepípedos do centro da cidade, que se abrem para uma grande entrada em torre.


O primeiro registro escrito do castelo é de 1107, no entanto, as salas e exposições dentro do castelo refletem como seria em 1500. Há muito para ver no castelo, com destaques para o Grande Salão, a Capela Real, as Cozinhas e as Abóbadas do Palácio, que têm uma exposição interativa projetada para crianças. O Castelo de Stirling também tem uma Galeria de Acesso que é projetada para aqueles que têm dificuldades de mobilidade e lutam para acessar certas partes do castelo.


Você poderia facilmente passar um dia inteiro descobrindo todas as histórias de banquetes reais, grandes batalhas e até mesmo o estranho mistério de assassinato! Mas nos sugerimos chegar lá de manhã cedo, ver o máximo que puder antes da hora do almoço e depois ir ver o resto de Stirling, ou partir para a proxima parada, que foi o que fizemos.


Se tiver tempo, também recomendamos visitar o Monumento Wallace, uma homenagem imponente a Sir William Wallace, uma das figuras mais lendárias da Escócia. Subir até o topo recompensa você com vistas deslumbrantes e uma visão mais detalhada da espada de Wallace. Esse famoso marco de Stirling fica acima dos campos onde William Wallace levou suas tropas à vitória na Batalha de Stirling Bridge e conta a história do patriota e mártir que se tornou o herói nacional da Escócia


Castelo de Stirling

Doune Castle - Mais conhecido como o castelo Leoch da serie Outlander.

Localizado a poucos passos de Stirling, o Doune Castle atrai fãs de Outlander de todo o mundo. Embora este belo castelo tenha sido palco de várias produções famosas, é sua característica em Outlander que atrai a maioria de seus visitantes atuais.


Para aqueles que não são versados ​​no gênero de romance de viagem no tempo, permita-nos apresentar Outlander. Escrito por Diana Gabaldon, esses livros documentam a história de Jamie Fraser, um escocês e Claire Randall, uma ex-enfermeira inglesa casada que é inesperadamente transportada de volta para a Escócia em 1743.


Doune Castle foi destaque em Outlander, a popular série de TV. Este não foi o único cenário! O Castelo de Doune também foi usado como Castelo de Winterfell no piloto de Game of Thrones. Este local muito amado de Westeros atrai muitos visitantes por si só.


Embora agora seja um dos locais de filmagem mais famosos da Escócia, provavelmente perdendo apenas para o Viaduto de Glenfinnan, o Castelo de Doune tem uma história muito mais antiga do que Jamie e Claire.


O Castelo de Doune foi construído no século XIII. Após sua conclusão inicial, foi danificado durante as Guerras de Independência da Escócia. Os historiadores suspeitam que foi reconstruída no século seguinte por Robert Stewart, também conhecido como o Duque de Albany ou o "Rei Descoroado da Escócia".


Em 1425, o castelo foi passado para a Coroa quando o filho de Robert Stewart foi executado. Depois disso, foi usado como pavilhão de caça real e casa do dote (casa disponível para uso da viúva do proprietário anterior).


Durante o século 16, o castelo tornou-se um patrimônio dos Condes de Moray e durante as Guerras dos Três Reinos, o castelo viu ação militar. Essa também não foi a única vez. Os Jacobite Risings (sobre os quais os fãs de Outlander já sabem bastante) também viram o castelo levar uma surra e, por volta de 1800, estava em ruínas.


Felizmente para nós, as obras de restauração foram realizadas por George Stuart, o 14º Conde de Moray, antes de o castelo ser tomado pelo estado. Atualmente, é a equipe da Historic Scotland que administra e mantém o castelo e seus terrenos


É possível caminhar ao redor do castelo e explorar. Esteja ciente de que algumas áreas estarão fora dos limites devido à segurança. As muralhas do castelo estavam em manutenção quando visitei, então não havia acesso.


Condições climáticas adversas às vezes podem forçar o castelo a fechar inesperadamente. Sempre tente planejar sua visita com bom tempo, se possível.


O Castelo de Doune está localizado a 8 milhas a noroeste de Stirling. Também é facilmente acessível a partir de Edimburgo ou Glasgow em uma viagem de um dia. As estradas de qualquer uma das duas cidades são bem conservadas e de fácil acesso. A viagem também é fácil de dirigir!


Castelo do outlander

De Stirling: A viagem de carro leva cerca de 15 minutos. Você provavelmente viajará pela M9 e pela B824. Um Uber custará cerca de £ 15 de Stirling.


De Edimburgo: De carro, você pode chegar ao Castelo de Doune em pouco menos de uma hora pela A904 e pela M9. O transporte público levará muito mais tempo (2,5 horas +), portanto, se você não tiver carro, vale a pena viajar para Stirling ou visitar como parte de um passeio organizado.


Depois de visitar o castelo, você continuará em direção ao Loch Lomond.


Loch Lomond

Um pouco mais longe, a cerca de uma hora e meia de carro de Edimburgo, fica o sereno lago Loch Lomond e o Parque Nacional Trossachs.


Esta área é um paraíso para os amantes da natureza – se você é um entusiasta de atividades ao ar livre, sabemos que vai adorar este lugar.


Loch Lomond, o maior trecho de água interior da Grã-Bretanha, oferece uma infinidade de atividades, desde passeios de barco até passeios de caiaque e stand-up paddle.


O vizinho Parque Nacional Trossachs é repleto de trilhas que convidam você a explorar seus lagos, vales e florestas no seu próprio ritmo.


Esteja você procurando um retiro tranquilo na natureza ou um dia ativo, você encontrará isso no Loch Lomond.


As charmosas vilas ao redor do lago, como Luss e Balloch, oferecem locais pitorescos para saborear a culinária local ou comprar lembranças escocesas exclusivas.


Com milhões de visitantes todos os anos e sendo facilmente acessível, não há dúvida de por que este é um dos destinos mais visitados da Escócia.


Depois de visitar o Loch Lomond, vá em direção a Glen cCoe.


Glen Coe - O Vale encantado de Glen Coe

Glen Coe é uma aldeia peculiar e é uma área de passagem para as Highlands escocesas. A formação do impressionante vale de Glencoe (em escocês glen significa vale) é resultado, entre muitos outros fenômenos, da origem das geleiras, há muito tempos atrás.


Aqui foi filmado Coração Valente e foi o palco de batalhas sangrentas históricas entres escoceses e ingleses. Hoje, é cenário de trilhas e escaladas com paisagens de cair o queixo. Uma rodovia corta o vale entre duas montanhas (ou melhor, dois GIGANTES de pedra), e é cheia de mirantes, um mais bonito que o outro.

Glencoe é ao mesmo tempo, um vale, uma montanha, uma aldeia, um rio, um lago, um lugar histórico e fascinante. É uma verdadeira beleza, e, sem dúvida, uma das paisagens mais encantadoras do mundo, e um dos lugares mais belos e surpreendentes das Highlands.


Dirigir por Glen Coe é como viajar no tempo; há tantas histórias a serem contadas sobre isso. É um dos marcos mais famosos da Escócia, um vale cercado por alguns dos picos mais acidentados do país e pelas caminhadas mais populares, como as Três Irmãs, o cume de Aonach Eagach ou Buachaille Etive Mòr.


No centro de visitantes você pode ouvir a história do brutal massacre em Glencoe de 1692 em que mais de 40 pessoas da tribo macedônia foram massacradas pela tribo Campbell, este evento está gravado na memória dos escoceses e até hoje é é cantada em canções e histórias.


Existem alguns estacionamento ao longo do caminho e oportunidades para parar para ver o lago, mas um a não perder é o estacionamento Loch Linnhe, de onde pode desfrutar de uma vista desobstruída sobre a água até ao pico de Garbh Bheinn.


Infelizmente, quando estávamos lá, o tempo fechou e não conseguimos ver nada, uma neblina que nao conseguiamos ver um palmo na frente do nariz. Por isso, precisamos voltar la urgentemente!!


A noite, ficamos hospedadas em Fort Williams por uma noite neste hotel. O hotel era super espaçoso, ao lado de um centro comercial com roupas típicas escocesas e com um delicioso restaurante, onde jantamos naquela noite.


DIA 4 | Dia de ir para Hogwarts e procurar o mostro do lago


Viaduto Glenfinnan & e o trem de Harry Potter

O viaduto em Glenfinnan foi construído por Sir Robert Mac Alpine de 1897 a 1901. O viaduto é feito inteiramente de concreto, incluindo 21 arcos de 15 metros de altura e eleva-se a uma altura de 30 metros acima do vale. E o ambiente em que a ponte está localizada a tornou popular entre os cineastas.


O mais conhecido e famoso deles é o filme de Harry Potter como o papel de Hogwarts-Express, o trem sai de Port William e é uma das atrações mais populares e originais da região.


A viagem dura quase um dia inteiro e se você reservar os ingressos com antecedência e chegar cedo, pode se sentar no lado esquerdo da caravana e ver a ponte do ângulo onde ela foi publicada no filme "Harry Potter e a Câmara Secreta".


Nós não pegamos o trem, fomos de perto vislumbrar o trem expresso de Hogwarts da vida real passando no viaduto, o trem sai de Port William e em meia hora chega ao ponto, a vista é incrível. Você precisa deixar o carro no estacionamento de visitantes e ir andando por um estradinha por uns 20 minutos até chegar ao viaduto.


Viaduto onde passa o trem do Harry Potter

Viaduto onde passa o trem de Harry Potter

Loch-Ness

Loch-Ness é o lago mais famoso e legendário da Escócia e um dos destinos mais populares também.


A largura do lago na maior parte é de cerca de 2 quilômetros e segundo o mito é a casa de "Nessie", apelido dado ao monstro do Loch Ness.


Faça um passeio de barco e tente encontrá-la ;) Sim, dizem que eh uma monstra fêmea.


Nós não fizemos passeio de barco, mas paramos em Port Augustus para almoçar. Port Augustus, fica situado no impressionante Canal da Caledônia, com 60 milhas de comprimento, a meio caminho entre Inverness e Fort William, Fort Augustus oferece vistas espetaculares do Lago Ness e é um paraíso para caminhantes e ciclistas interessados, com muitos belos passeios pela área, sendo o mais popular o Great Glen Way. .



roteiro viagem de carro pela Escócia

Castelo Urquhart

Perto do lago está o Castelo de Urquhart, as ruínas do impressionante castelo situado ao lado do Lago Ness, nas Terras Altas da Escócia, merecem uma visita.


Empoleiradas na costa e projetando-se para a água, as ruínas do Castelo de Urquhart datam do século XVI. É um marco conhecido, visitado por milhares de turistas todos os anos. O Castelo de Urquhart também esteve em Outlander, como o local onde Claire avista o “cavalo d’água”.


Algumas evidências arqueológicas sugerem que o local do castelo de hoje já foi uma residência picta. Pensa-se que foi visitado por São Columba em 580 DC para dar a última cerimônia a um ancião picto. São Columba não apenas trouxe o cristianismo para a região, mas diz-se que teve um encontro com um monstro no lago. Infelizmente, todos os detalhes se perderam na história.


No entanto, só nos anos 1200 é que começamos a realmente compreender a história da região. Na década de 1230, o rei Alexandre II da Escócia deu permissão à família Durward para construir um castelo no terreno. Infelizmente, em 1296, os ingleses capturaram o castelo durante as Guerras da Independência. Essas guerras são retratadas de forma criativa no filme Coração Valente, com foco no lutador pela liberdade William Wallace.


E foi em nome do seu inimigo, o rei Eduardo I, que o castelo foi capturado. Depois que os escoceses venceram esta guerra e os ingleses foram mandados para casa “para pensar novamente”, houve paz no país…por seis anos. Em 1303, Eduardo tomou o castelo novamente por invasão e o manteve por cinco anos até que as forças de Robert the Bruce o recuperassem.


Em 1509 o castelo foi doado ao clã Grant. No entanto, outro clã local, os MacDonalds, procurava o poder na região. O Castelo de Urquhart seria um diamante em sua coleção. Assim, eles empreenderam vários ataques à área, terminando em 1545 com o “Grande Ataque”.


Os MacDonalds conseguiram tirar praticamente tudo de valor do castelo. Isso incluía doze camas, seis panelas e dois caldeirões. O castelo nunca recuperou a sua riqueza e, quando Oliver Cromwell invadiu a Escócia em 1650, não se preocupou realmente com o local. Ele apenas assumiu algumas das fortificações de Inverness e Fort William.


O que nos leva a 1692, ano em que o castelo se tornou uma ruína. Na revolta jacobita de 1689 – aquela com Bonnie Prince Charlie, onde ele atravessou o mar até Skye – os problemas voltaram a Inverness. Desta vez, depois que o rei Jaime VII foi para o exílio, as forças do governo estacionadas no Castelo de Urquhart explodiram partes dele, para impedir que caísse nas mãos dos inimigos Jacobitas.


E esse é o estado do castelo até hoje. Uma bela ruína perto de um belo lago com uma história notável. Visitar o castelo é algo que você deve fazer em sua viagem ao Lago Ness.


Nós ficamos hospedadas no neste hotel, que fica ao lado do Lock Ness Clasman, onde você pode jantar por lá mesmo.


Castelo em ruínas no lago Ness

Dia 5

Depois de visitar o Loch Ness, você continuará em direção à cidade de Inverness.

Inverness é considerada a capital das Terras Altas da Escócia e a principal cidade de serviços e comércio.


Ao chegar a Inverness, passeamos pela bela cidade em uma caminhada ao longo do grande rio Ness. A cidade é bem pequena e cheia de lojinha típica Escocesa.


Uma das melhores coisas para fazer em Inverness é uma visita ao Culloden Battlefield.


Roteiro de viagem de carro pela Escócia

A Batalha de Culloden, realizada em 16 de abril de 1766, foi a última batalha a ocorrer nas terras das Ilhas Britânicas entre os Jacobistas que eram leais ao príncipe herdeiro Charles Adams Stuart e as forças leais ao rei George II.


No histórico campo de batalha, agora há uma atração turística que o levará às profundezas do famoso campo de batalha e você se sentirá que está voltando no tempo.


O guia de áudio contará a história diretamente do campo de batalha.


De lá, nós voltamos para o aeroporto de Edimburgo, aproveitando para passar pelas charmosas cidades pequenas. Paramos na cidadezinha de Pitlochry e adoramos.


E assim foi nossa viagem! Nós amamos e com certeza já estamos programando outra. Nos conte o que você faria de diferente e o que você recomenda para a nossa outra viagem de carro pela Escócia.


Quer saber mais sobre Edimburgo clique aqui.

Planejando sua viagem para Londres ou qualquer outro destino no Reino Unido?


Sinta-se à vontade para explorar todas as valiosas dicas disponíveis no site e canal no YouTube EmiLou Day By Day, que estão aqui para ajudar o seu planejamento.



Não deixe de conferir as recomendações de pubs e restaurantes, dicas de passeios bate e volta saindo de Londres, além das informações mensais sobre Londres, sempre atualizadas para manter você informado sobre os eventos mais interessantes ao longo do ano. Descubra todas as dicas para aproveitar Londres e o Reino Unido por quem entende de verdade! Irmãs Viajantes UK Travel Experts  🇬🇧✈️










Comments


bottom of page